domingo, 31 de maio de 2009

FÁBULA: A ÁGUIA E A GALINHA



Era uma vez um camponês que foi à floresta vizinha apanhar um pássaro para mantê-lo cativo em sua casa. Conseguiu pegar um filhote de águia. Colocou-o no galinheiro junto com as galinhas. Comia milho e ração própria para galinhas. Embora a águia fosse o rainha de todos os pássaros. Depois de cinco anos, este homem recebeu em sua casa a visita de um naturalista. Enquanto passeavam pelo jardim, disse o naturalista:
- Esse pássaro aí não é galinha. É uma águia.
- De fato - disse o camponês. É águia. Mas eu a criei como galinha. Ela não é mais uma águia. Transformou-se em galinha como as outras, apesar das asas de quase três metros de extensão.
- Não - retrucou o naturalista. Ela é e será sempre uma águia. Pois tem um coração de águia. Este coração a fará um dia voar às alturas.
- Não, não - insistiu o camponês. Ela virou galinha e jamais voará como águia.
Então decidiram fazer uma prova. O naturalista tomou a águia, ergueu-a bem alto e desafiando-a disse:
- Já que você de fato é uma águia, já que você pertence ao céu e não à terra, então abra suas asas e voe!
A águia pousou sobre o braço estendido do naturalista. Olhava distraidamente ao redor. Viu as galinhas lá embaixo, ciscando grãos. E pulou para junto delas. O camponês comentou:
- Eu lhe disse, ela virou uma simples galinha!
- Não - tornou a insistir o naturalista. Ela é uma águia. E uma águia será sempre uma águia. Vamos experimentar novamente amanhã.
No dia seguinte, o naturalista subiu com a águia no teto da casa. Sussurou-lhe:
- Águia, já que você é uma águia, abra suas asas e voe!
Mas quando a águia viu lá embaixo as galinhas, ciscando o chão, pulou e foi para junto delas. O camponês sorriu e voltou à carga:
- Eu lhe havia dito, ela virou galinha!
- Não - respondeu firmemente o naturalista. Ela á águia, possuirá um coração de águia. Vamos experimentar ainda uma última vez. Amanhã a farei voar.
No dia seguinte, o naturalista e o camponês levantaram bem cedo. Pegaram a águia, levaram-na para fora da cidade, longe das casas dos homens, no alto de uma montanha. O sol nascente dourava os picos das montanhas. O naturalista ergueu a águia para o alto e ordenou-lhe:
- Águia, já que você é uma águia, já que você pertence ao céu e não à terra, abra suas asas e voe!
A águia olhou ao redor. Tremia como se experimentasse nova vida. Mas não voou. Então o naturalista segurou-a firmemente, bem na direção do sol, para que seus olhos pudessem encher-se da claridade solar e da vastidão do horizonte. Nesse momento, ela abriu suas potentes asas e ergueu-se, soberana, sobre si mesma. E começou a voar, a voar para o alto, a voar cada vez para mais alto. Voou...voou...até confundir-se com o azul do firmamento.

sábado, 30 de maio de 2009

AOS QUE SONHAM...

História dos dois que sonharam - (Do livro As Mil e Uma Noites - noite 351)

Contam os homens dignos de fé (porém somente Alá é onisciente e poderoso e misericordioso e não dorme) que existiu no Cairo um homem possuidor de riquezas, porém tão magnânimo e liberal que perdeu-as todas, menos a casa de seu pai. Diante disso, se viu forçado a trabalhar para ganhar seu pão. Trabalhou tanto, que o sono venceu-o uma noite sob uma figueira de seu jardim, e ele viu no sonho um homem empanturrado que tirou que tirou daboca uma moeda de ouro e lhe disse: "Tua fortuna está na Pérsia, em Ispahan; vai buscá-la". Na madrugada seguinte acordou e empreendeu a longa viagem, afrontando os perigos dos desertos, dos navios, dos piratas, dos idólatras, dos rios, das feras e dos homens. Chegou finalmente a Isfahan, e no centro da cidade, no pátio de mesquita, deitou-se para dormir. Junto a mesquita havia uma casa, e por vontade de Deus Todo Poderoso, um bando de ladrões atravessou a mesquita, e meteu-se na casa e as pessoas que aí dormiam, despertando com o barulho, pediram socorro. Os vizinhos também gritaram, até que o capitão dos guardas noturnos daquele distrito acudiu com seus homens e os bandoleiros fugiram pelo terraço. O capitão quis revistar a mesquita e lá deram com o homem do Cairo; açoitaram-no de tal maneira com varas de bambu que ele quase morreu. Dois dias depois recobrou os sentidos na cadeia. O capitão mandou buscá-Io e disse: "Quem és tu e qual é a tua pátria?” O outro declarou: "Sou da famosa cidade do Cairo e meu nome é Mohamed El Magrebi". O capitão perguntou-lhe: "O que te trouxe à Pérsia?" O outro optou pela verdade e disse: "Um homem ordenou-me, em sonho, que eu viesse a Isfahan porque aí estava a minha fortuna. Já estou em Isfahan e vejo que essa fortuna que prometeu devem ser as vergastadas que tão generosamente me deste". Diante de tais palavras o capitão riu tanto que se viam seus dentes de siso e, finalmente, lhe disse: "Homem desajuizado e crédulo, eu já sonhei três vezes com uma casa no Cairo no fundo da qual há um jardim, e nesse jardim um relógio de sol, e depois do relógio, uma figueira, e logo depois da figueira, uma fonte, e sob a fonte, um tesouro. Não dei o menor crédito a essa mentira e tu, produto de uma mula com um demônio, não obstante, vens errando de cidade em cidade baseado unicamente na fé no teu sonho. Que eu não volte a ver-te em Isfaham. Toma estas moedas e desaparece". O homem pegou as moedas e regressou a sua pátria. Sob a fonte de seu jardim (que era a mesma do sonho do capitão) desenterrou o tesouro. Assim Deus lhe deu sua bênção, recompensou-o e enalteceu-o. Deus é o Generoso, o oculto.

sexta-feira, 29 de maio de 2009





Rifa-se um coração.
Rifa-se um coração quase novo.
Um coração idealista.
Um coração como poucos.
Um coração à moda antiga.
Um coração moleque que insiste em pregar peças no seu usuário.
Rifa-se um coração que na realidade está um pouco usado, meio calejado, muito machucado e que teima em alimentar sonhos e, cultivar ilusões.
Um pouco inconsequente que nunca desiste de acreditar nas pessoas.
Um leviano e precipitado coração que acha que Tim Maia estava certo quando escreveu...
"...não quero dinheiro, eu quero amor sincero, é isso que eu espero...".
Um idealista...
Um verdadeiro sonhador...
Rifa-se um coração que nunca aprende.
Que não endurece, e mantém sempre viva a esperança de ser feliz, sendo simples e natural.
Um coração insensato que comanda o racional sendo louco o suficiente para se apaixonar.
Um furioso suicida que vive procurando relações e emoções verdadeiras.
Rifa-se um coração que insiste em cometer sempre os mesmos erros.
Esse coração que erra, briga, se expõe.
Perde o juízo por completo em nome de causas e paixões.
Sai do sério e, às vezes revê suas posições arrependido de palavras e gestos.
Este coração tantas vezes incompreendido.
Tantas vezes provocado.
Tantas vezes impulsivo.
Rifa-se este desequilibrado emocional que abre sorrisos tão largos que quase dá pra engolir as orelhas, mas que também arranca lágrimas e faz murchar o rosto.
Um coração para ser alugado,ou mesmo utilizado por quem gosta de emoções fortes.
Um órgão abestado indicado apenas para quem quer viver intensamente contra indicado para os que apenas pretendem passar pela vida matando o tempo,defendendo-se das emoções.
Rifa-se um coração tão inocente que se mostra sem armaduras e deixa louco o seu usuário.
Um coração que quando parar de bater ouvirá o seu usuário dizer para São Pedro na hora da prestação de contas:
"O Senhor pode conferir.
Eu fiz tudo certo,só errei quando coloquei sentimento.
Só fiz bobagens e me dei mal quando ouvi este louco coração de criança que insiste em não endurecer e, se recusa a envelhecer".
Rifa-se um coração, ou mesmo troca-se por outro que tenha um pouco mais de juízo.
Um órgão mais fiel ao seu usuário.
Um amigo do peito que não maltrate tanto o ser que o abriga.
Um coração que não seja tão inconseqüente.
Rifa-se um coração cego, surdo e mudo, mas que incomoda um bocado.
Um verdadeiro caçador de aventuras que ainda não foi adotado, provavelmente, por se recusara cultivar ares selvagens ou racionais, por não querer perder o estilo.
Oferece-se um coração vadio, sem raça, sem pedigree.
Um simples coração humano.
Um impulsivo membro de comportamento até meio ultrapassado.
Um modelo cheio de defeitos que, mesmo estando fora do mercado, faz questão de não se modernizar, mas vez por outra, constrange o corpo que o domina.
Um velho coração que convence seu usuário a publicar seus segredos e a ter a petulância de se aventurar como poeta.
CLARICE LISPECTOR

quarta-feira, 27 de maio de 2009

HOJE O DIA AMANHECEU ASSIM... CHUVOSO

Praça da Independência -Gonzaga - Santos
hoje às 6:30 da manhã...

quinta-feira, 21 de maio de 2009

PROF. JOSÉ PACHECO - ESCOLA DA PONTE


A Escola da Ponte localiza-se na cidade do Porto - Portugal. É a escola dos nossos sonhos...

Libertária, revolucionária e solidária é referência no que diz respeito à educação.
http://www.eb1-ponte-n1.rcts.pt/
Se quiser conhecer um pouco mais clique acima.
____
Ao lado a foto do ex- dirigente da escola prof. José Pacheco.
Tive o prazer de assistir a palestra dele no dia 16/4 no Colégio São José - Santos.
O prof. Pacheco está morando aqui no Brasil e fazendo alguns trabalhos interessantes em escolas de São Paulo.
Simpático, questinador e livre para falar o que pensa no que se refere ao assunto educação.

quarta-feira, 20 de maio de 2009

CASA NA ÁRVORE...










Você gostaria de ter uma casa assim?

Eu sim...

Tudo de bom, né?






Pérola do quem sou eu do Orkut: Homens previsíveis...


"Agora vai ser assim!!!!!!!Gostou???Pega Senha!!Pegou a Senha??Final da Fila!!Espera a tua vez!!Chegou tua vez??Dê valor!!!!!!!!Não Deu??????Abriu concorrência!!!!Não me quer????Tem quem queira!!!!!!Quer de novo?????????Vou Pensar!!!!!!!!!!!!Me Odeia???????????TENTE SUPERAR!!!!!!!!!!!!!Pois Figurinha repitida não completa Meu " ALBUM"."
___
(Retirei de um perfil - quem sou eu- por discrição não revelarei a identidade rsrsrs)
___
POIS É... CARO AMIGO MAS TODO ÁLBUM TEM AQUELA FIGURINHA "CURINGA" QUE VOCÊ TENTA, TENTA, GASTA, GASTA...SÃO INCANSÁVEIS TENTATIVAS DE TROCA E NÃO CONSEGUE OBTÊ-LA.
É ESSA A FIGURINHA QUE FAZ A VINGANÇA DE TODAS AS OUTRAS!!! A MAIS DIFÍCIL, QUE SÓ AQUELE CARA BONITÃO CONSEGUIU...QUE ÓDIO, QUE INVEJA...
SEM CONTAR, CLARO,QUE SUAS TENTATIVAS PODERÃO SER INÚTEIS E SEU ÁLBUM, INFELIZMENTE, PODERÁ FICAR SEM COMPLETAR.
SABE DE UMA COISA? SE VOCÊ FICOU COM AQUELE MONTE DE REPETIDAS ALEGRE-SE AINDA PODERÁ JOGAR BAFO!!! RSRSRSRSRS


Bom, meu momento de asneiras está encerrado, agora é hora do banho e ir trabalhar!


terça-feira, 19 de maio de 2009

MUDANÇAS

É preciso mudanças. muita gente acha que o melhor é deixar como está pra ver como é que fica. Mas basta observar algum tempo qualquer pessoa sentada pra perceber que a mudança é fundamental ao ser humano, nem que seja apenas pra descansar a outra parte da bunda (nádega, antigamente).

*******Millôr Fernandes******* Revista Veja, ed. 2106 - abril 2009

domingo, 17 de maio de 2009

HOJE 10 KM TRIBUNA FM 2009- 24ª corrida.

Batalhão- 2ºBI Até o Chacrinha estava lá!!!















CHEGADA - PRAIA DO GONZAGA - SANTOS




Pertinho de casa...

AMIGOS DO CORAÇÃO - 10 km da Tribuna - Santos - hoje -

Jhonny





Amigos da ginástica que correram os 10 km





Elayne, Luzia, Cristiane, Sandrinha, Milton e Jhonny























sábado, 16 de maio de 2009

O FENÔMENO NA BALADA

Ronaldo - 2009 - O cara joga e de vez em quando canta, com famosos, em um coral na balada ao som do piano do Excelentíssimo Sr. Presidente, que por sua vez quando não está "presidindo", viajando ou torcendo pro Coríntians (Uéca), claro em suas poucas horas de lazer...rsrsrs, faz umas aulinhas de piano clássico... afinal são só dez anos ele já conseguiu 8 só faltarão 2... Ui!!! Mas como aqui os caras são presidentes (o máximo político de uma Nação) e depois viram deputados... Vou parando por aqui, pra não me aborrecer!

video

sexta-feira, 15 de maio de 2009

A QUEM INTERESSAR:

Centro de Formação de Contadores de Histórias na Biblioteca Hans Christian Andersen

PALESTRA - Pelos Caminhos da Literatura Infantil

com Silvia Oberg - Pesquisadora da área de leitura e literatura, membro da equipe responsável pela elaboração da Bibliografia Brasileira de Literatura Infantil e Juvenil (Biblioteca Infanto-Juvenil Monteiro Lobato). Doutora em Ciência da Informação (Escola de Comunicações e Artes / USP).

Atualmente, o mercado editorial lança entre 600 a 1000 livros de literatura dirigidos a crianças e jovens por ano (entre autores nacionais e estrangeiros). Se, por um lado, o grande número de obras possibilita a diversificação das escolhas, por outro, coloca os profissionais desta área frente a um volume imenso de publicações, cuja qualidade é heterogênea. A palestra Pelos caminhos da literatura infantil tem como objetivo discutir características desta produção, bem como critérios que possam nortear escolhas fundamentadas de obras para a realização de práticas com a literatura junto ao público infantil e juvenil. Este encontro busca, também, promover a interação e a troca de experiências entre contadores de histórias, bibliotecários, educadores e pesquisadores de forma a provocar a reflexão sobre a literatura e propostas que criem possibilidades para que crianças e jovens experimentem a produção literária de forma significativa.

Dias 20/05 (quarta-feira) das 14 às 17h e 30/05 (sábado) das 10 às 13h
Escolha a data de sua preferência e compareça!!

Entrada Franca (auditório com 150 lugares não será necessário prévia inscrição).
Informações pelo telefone: (11) 2295-3447

Local: auditório da BIBLIOTECA HANS CHRISTIAN ANDERSEN
Av. Celso Garcia, 4142 -Tatuapé - São Paulo (Próx. Estação Tatuapé do Metrô)

Realização: Coordenadoria do Sistema Municipal de Bibliotecas
Consultoria: Kelly Orasi

ESTAREI LÁ, QUEM QUISER ME ACOMPANHE!!!

Mulheres Árabes


Como vive uma mulher árabe?
Estou lendo um livro intitulado: "Princesa A História Real da Vida das Mulheres Árabes por Trás de seus Negros Véus" - Jean P. Sasson
Qual a real condição feminina no mundo árabe...
Dominação... Sofrimento... Sem Direitos...Submissão...Violência Sexual...Opressão...Punição Impiedosa...
Cada página lida eu me convenço que devo agradecer à Deus por ter nascido no mundo ocidental, ainda que sabendo que há muita violência, principalmente doméstica, a mulher tem seus direitos garantidos por lei.

Nave Atlantis passa pelo Sol...


Último Segundo: http://www.ig.com.br/

sábado, 9 de maio de 2009

sexta-feira, 8 de maio de 2009

QUERER...

Não quero alguém que morra de amor por mim... Só preciso de alguém que viva por mim, que queira estar junto de mim, me abraçando.Não exijo que esse alguém me ame como eu o amo, quero apenas que me ame, não me importando com a intensidade.Não tenho a pretensão de que todas as pessoas que gosto, gostem de mim... Nem que eu faça a falta que elas me fazem, o importante pra mim é saber que eu,em algum momento, fui insubstituível... E que esse momento será inesquecível... Só quero meu sentimento seja valorizado.Quero sempre poder ter um sorriso estampando meu rosto, mesmo quando a situação não for muito alegre... E que esse meu sorriso consiga transmitir paz para os que estiverem ao meu redor.Quero poder fechar meus olhos e imaginar alguém... e poder ter a absoluta certeza de que esse alguém também pensa em mim quando fecha os olhos, que faço falta quando não estou por perto.Queria ter a certeza de que apesar de minhas renúncias e loucuras, alguém me valorize pelo que sou, não pelo que tenho...Que me veja como um ser humano completo, que abusa demais dos bons sentimentos que a vida lhe proporciona, que dê valor ao que realmente importa, que é meu sentimento.. . e não brinque com ele. E que esse alguém me peça para que eu nunca mude, para que eu nunca cresça, para que eu seja sempre eu mesmo. Não quero brigar com o mundo, mas se um dia isso acontecer, quero ter forças suficientes para mostrar a ele que o amor existe...Que ele é superior ao ódio e ao rancor, e que não existe vitória sem humildade e paz.Quero poder acreditar que mesmo se hoje eu fracassar, amanhã será outro dia, e se eu não desistir dos meus sonhos e propósitos, talvez obterei êxito e serei plenamente feliz.Que eu nunca deixe minha esperança ser abalada por palavras pessimistas...Que a esperança nunca me pareça um "não" que a gente teima em maquiá-lo de verde e entendê-lo como "sim".Quero poder ter a liberdade de dizer o que sinto a uma pessoa, de poder dizer a alguém o quanto ele é especial e importante pra mim, sem ter de me preocupar com terceiros... Sem correr o risco de ferir uma ou mais pessoas com esse sentimento.Quero, um dia, poder dizer às pessoas que nada foi em vão... que o amor existe,que vale a pena se doar às amizades a às pessoas, que a vida é bela sim,e que eu sempre dei o melhor de mim...e que valeu a pena!

Mário Quintana - "Para Pensar"

quinta-feira, 7 de maio de 2009

AGORA SÓ LEMBRANÇAS...


Ele foi o cara!
Generoso, Amoroso,Honesto... um homem de infinita bondade e tolerância.O melhor amigo que alguém pode ter.O meu coração está transbordando de gratidão e orgulho de ter tido um PAI assim tão maravilhoso!

Contando histórias...


COMO TUDO COMEÇA...